A volta dos trens

A ONGtrem participou nessa quarta, dia 20 de outubro, de uma audiência pública sobre a Volta dos Trens de Passageiros e Turístico na Assembléia Legisltativa de Minas Gerais promovida pelo deputado Carlos Gomes. Foi colocada em pauta a viabilidade de se voltar o Trem de Passageiros no ramal Paraopeba da antiga Central do Brasil entre Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete envolvendo 10 cidades, participação da OSCIP Trem Bom de Minas e proposta de exploração turística do Trem dos Museus, ligando o Museu de Artes e Ofícios ao Museu Inhotim.
Com participação da SEDRU – Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional e Política Urbana e da Agência de Desenvolvimento Metropolitano o estado se posicionou a favor de projetos integrados para a Região Metropolitana tendo inclusive contratado uma empresa para análise prévia dos 330 km de ferrovia que deverão ter estudos detalhados para uso na mobilidade urbana com resultado esperado para junho/11.
Já o governo federal com a participação do DNIT e do Ministério dos Transportes asseguraram que os projetos que atenderem a Cartilha de Orientação para Proposição de Projetos de Trens Turísticos e Culturais terão assegurados equipamentos para a sua viabilização. A outorga de permissão continua sendo dada as entidades sem fins lucrativos que entregarem projetos viáveis. Nos últimos anos foram entregues seis outorgas e a última foi para um trem em Santos Dumont.
E por fim, o professor Nilson Nunes da Escola de Engenharia da UFMG afirmou a necessidade de se fazer bons projetos de demanda de passageiros e que possam usar a tecnologia adequada. O geógrafo Ronaldo Perez lembrou da importância da continuidade dos projetos.
A ONGtrem pautou a audiência lembrando que as cidades cresceram nos últimos 60 anos dando as costas para as cidades e hoje é necessário a implantação de marcos regulatórios conjuntos do transporte e da ocupação do solo.

1 thought on “A volta dos trens”

  1. Li a notícia acima sobre a audiência pública e gostaria de saber se vocês tem notícias do trem baiano, que ligava Montes Claros ao sul da Bahia. Há projetos quanto à volta do trem de passageiros pra Montes Claros e norte de Minas?
    Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *